Erro

Terapia on-line

Postado por Flavia Franciny Costa Rojas em 31/01/2022 17:38


Afinal de contas, Terapia on-line funciona mesmo? 

 

O período pandêmico, para além dos riscos quanto a contaminação pelo vírus, desencadeou problemas relacionados a saúde mental em diversas pessoas. O número de pessoas buscando o serviço aumentou devido a um problema comum a todos, porém que cada um reagia de forma e intensidade muito individual.

Com isso, durante a pandemia tivemos um aumento muito grande de procura por psicoterapia on-line, seja por pessoas que já fizeram um processo terapêutico e resolveram retomar, seja por aquelas que nunca haviam feito terapia antes.

 

Durante um tempo, por conta do distanciamento obrigatório, a modalidade de terapia virtual se tornou não apenas uma alternativa, mas a única forma de realizar atendimento psicológico muitas pessoas. Toda essa situação provocou algumas dúvidas: será que a terapia on-line funciona como a presencial? Será que com a terapia on-line eu vou ter algum resultado/benefício?

 

Essas perguntas são  muito importantes, pois de fato muitas pessoas não haviam experimentado essa forma de fazer terapia e tantas outras nem sequer conheciam essa possibilidade até verem na televisão ou redes sociais. Porém, quanto a terapia, independente de ser on-line ou presencial, vale um importante esclarecimento:


 

  • Existe um conceito em psicologia chamado setting terapêutico. Muitas pessoas entendem o setting como um lugar, um espaço físico onde o paciente pode ir e ficar. Porém o setting não se resume a uma sala, num espaço geográfico, mas acima de tudo se refere a um espaço relacional. É no vínculo entre terapeuta e paciente que o tratamento ganha sustentação.  A confiança, acolhimento, compreensão e segurança necessários para o processo de terapia não depende de uma sala física, localizada num espaço geográfico, mas sim da relação construída entre terapeuta e paciente. E sim, essa relação pode e deve ser construída tanto no on-line quanto no presencial.

 

Com isso, apesar da terapia presencial ser uma alternativa para aqueles que por diversos motivos preferem/não podem fazer terapia on-line, é necessário entender que ela não é a única forma de fazer terapia. A prática da terapia on-line é regularizada pelo Conselho Federal de Psicologia e está de acordo com as orientações quanto ao distanciamento social no período pandêmico. 

 

A terapia on-line pode apresentar resultados e benefícios como a terapia presencial, e para muitos essa modalidade também apresenta as seguintes vantagens:

 

Flexibilidade de horários (ser atendido fora de horário comercial, por exemplo)
 

Acesso em áreas remotas (cidades que não têm uma variedade de profissionais, por exemplo)

 

Locomoção (benefício para quem mora em grandes cidades, por exemplo)

 

Mudanças (possibilidade de continuar com o mesmo profissional frente a mudança de cidade/estado/país)

 

Acessibilidade para quem possui limitações físicas ou psicológicas

 

Escolher o profissional sem estar limitado à localização geográfica.

 

Com isso, sim, o processo terapêutico pode se desenvolver na modalidade on-line/virtual e trazer benefícios para o cliente. Mas cabe lembrar que, acima de tudo, um paciente tem o direito de escolher o que se encaixa e faz sentido em sua realidade e desejo, e pode ser que para alguns, por diversos motivos como privacidade, por exemplo, a terapia on-line não seja uma opção; isso deve ser acolhido e respeitado.

E você, já experimentou essa modalidade de atendimento?



 

Flávia Franciny Costa Rojas 

Psicóloga Clínica

CRP 05/60279

Whatsapp (21) 9900-65889