Erro

O que fazer quando se está estressada(o)?

Postado por Nathália Brito Silva em 20/05/2021 14:20


Uma história que poderia ser sua...

Elen* trabalha 8 horas por dia numa empresa onde se sente sobrecarregada boa parte do tempo, fora a rotina de trabalho, está fazendo faculdade, que por si só também já traz suas pressões. Esses dias tem se percebido mais cansada, não tem dormido direito, acabou esquecendo alguns prazos na faculdade, faltando alguns dias no trabalho. Uma loucura! Isso começou quando as exigências no trabalho duplicaram, após uma promoção.  Ao mesmo tempo Elen sabe que ter um momento pra si, pra descansar, relaxar também é importante, mas acaba deixando isso pra depois, por que "não sobra tempo"...

Percebeu alguns sintomas incomuns que não estavam presentes antes das coisas ficarem mais “tensas” no trabalho: experimentava algumas vezes dores do estômago, ansiedade, dificuldade pra dormir e acordar, procrastinação, fora os esquecimentos que ficaram comuns no dia a dia.

Certo dia, preocupada com o que estava acontecendo, Elen procurou um profissional de saúde para ver do que se tratava. Este informou que poderia se tratar de “Estresse”.

- Estresse?  – disse ela com cara de espanto, e em seguida perguntou sobre como poderia lidar com isso.

O estresse é um estado de tensão no nosso corpo, ele provoca várias consequências a nível físico e psicológico. Ele surge quando nos vemos diante de situações que exigem muito de nós, que exigem uma grande capacidade de energia.

- Mas o estresse é totalmente ruim?

Não!!  No estresse patológico, aquele que traz mais prejuízos,  alguns compostos químicos responsáveis, como o cortisol, colocam o corpo em estado de alerta diante de algum estimulo estressor para que este possa se defender. Viver constantemente nesse estado de alerta pode trazer prejuízos a saúde, como o Burnout.

E O QUE FAZER PRA AJUDAR A MELHORAR O ESTRESSE? 

Modificar ou procurar meios de se adaptar as causas do estresse e inserir atividades como a psicoterapia, meditação, mindfulness, práticas que promovem o relaxamento, lazer atividade física, colocar o corpo em movimento etc... auxiliam na sua redução gradual.

COMO A TERAPIA PODE AJUDAR NO COMBATE AO ESTRESSE?
                                            

Um psicólogo vai ajudar na identificação das fontes de estresse, bem como entender as causas que levam a este, vai buscar junto ao paciente reduzir os sintomas, reconhecer e integrar  limites de ação (porque a gente sabe que é muito difícil dar conta de tudo por mais que queiramos),  promover resiliência e reestruturar os pensamentos e emoções decorrentes das situações estressoras.

Se você se identificou com os sintomas, procure ajuda especializada!

Clique para: Dúvidas e atendimentos 

Clique para ler:Estresse: seu corpo pede descanso 

@psi.nathaliabrito

Compartilhe este texto com um amigo, vamos espalhar conhecimento!


*Os nomes dos personagens e situações vivenciadas são meramente ilustrativos.