Erro

Síndrome de Peter Pan - O que é? quais são os sintomas?

Postado por Giovana Bruno da Silva em 24/05/2021 16:02


Você provavelmente já ouviu falar sobre a história de Peter Pan, o menino que se recusava a crescer e desvendava o mundo atrás de aventuras mágicas. Agora, você consegue imaginar o motivo de existir uma síndrome com o este nome?
A Síndrome de Peter Pan se caracteriza por um comportamento em adultos que se recusam a amadurecer. A relação com o conto infantil se dá por esses indivíduos (dos quais a maioria são homens, mas também pode incluir mulheres) também viverem em um “mundo imaginário”, assim como Peter, onde acreditam não ter a obrigação de amadurecer e ser responsável mas mesmo assim esperam a aceitação e compreensão dos outros.

- Principais características:

  • Medo de estar em um relacionamento profundo e duradouro
  • Dificuldade geral em se aceitar no papel de pai, marido, profissional ou qualquer outra posição que se baseie em ser responsável
  • Procrastinação de tarefas e obrigações
  • Rebeldia
  • Inconsequência
  • Narcisismo
  • Fragilidade emocional

É muito comum que esses indivíduos apresentem decorrente de tais sintomas dificuldades em algumas áreas de sua vida, como problemas de ordem sexual, profissional, acadêmica e social.
São diversos os fatores que podem ter contribuído para o desenvolvimento desta síndrome. Os mais prováveis se dão pela dificuldade em se distanciar de seu Eu da infância e da adolescência, podendo ter como base uma infância positiva e feliz e por isso o medo de abandona-la, ou até mesmo a ideia de “infância mal aproveitada.

- Psicoterapia como tratamento:

A psicoterapia pode auxiliar na identificação de experiências passadas que contribuíram no desenvolvimento da síndrome. A aceitação e elaboração de tais experiências pode auxiliar o individuo a se descobrir e se percerber mais no mundo real, de acordo com seus sentimentos verdadeiros. O indivíduo aprende a lidar e dar um novo significado a bloqueios que antes refletiam em uma baixa autoestima, trazendo assim mais alegria e autoconfiança diante do mundo real.
É importante compreendermos que cada um tem seu ritmo de amadurecimento, cada um aceita à sua maneira aquilo que vivenciou ou não, compreender também que assim como outras síndromes, o indivíduo pode se encontrar em um esfera de conflitos e sofrimentos decorrentes da mesma. Busque e ofereça suporte, a psicoterapia pode auxiliar na melhor compreensão e descoberta do eu!

Para entrar em contato comigo, clique aqui. Fico à disposição para dúvidas, informações e agendamentos.

Giovana Bruno da Silva

Psicóloga clínica - CRP 06/163924