Erro

Um pouco sobre: DEPRESSÃO

Postado por Keller Regianne Paiva Fazzolo Silva em 06/07/2019 12:33:31


A depressão é uma doença que envolve o corpo, o humor e os pensamentos da pessoa. Quando uma emoção ou sentimento persiste durante dias, ela pode vir a tornar-se um ‘estado de humor’, o que é diferente das emoções por terem durações breves. Os estados de humor como em um quadro depressivo duram dias, meses, e até mesmo anos. Afeta o indivíduo em sua vida diária e em qualquer outra atividade. Altera o sono, a atenção e concentração, a alimentação, como também, afeta sua relação no meio familiar e social. Entretanto, a depressão é um estado de humor que se diferencia da tristeza que é uma emoção. Diante disso, entende-se que na depressão a pessoa não consegue apenas se acalmar e então melhorar, ela precisa de ajuda para reverter o quadro depressivo (MYERS, 1942/2006).

 

A depressão hoje aparece em qualquer idade. Vem aumentando a cada dia e se manifesta cada vez mais cedo, desde o período da infância em pré-escolares até a idade adulta com sintomas típicos de: sensação de vazio, irritabilidade, perda de interesses no que seria prazeroso, baixa autoestima, energia corporal reduzida, fadiga, manifestações somáticas com dores e alterações cognitivas que afetam significativamente a capacidade de funcionamento do indivíduo (DSM-5, 2014).

 

Alguns dos sintomas podem vir a ser associados com sentimentos de inutilidade, tendência a culpar a si mesmo por situações ou perdas e isolamento, o que contribui para ressaltar a depressão já instalada, isso quando não seguem com interesses mais destrutivos e com temas ligados ao suicídio (CORDÁS, MORENO, 2008).

 

Entretanto, a Organização Pan-Americana da Saúde (2018) ressalta a depressão como sendo,

"a principal causa de incapacidade em todo o mundo e contribui de forma importante para a carga global de doenças. Embora existam tratamentos eficazes conhecidos para depressão, menos da metade das pessoas afetadas no mundo (em muitos países, menos de 10%) recebe tais tratamentos. Podendo ser categorizado como leve, moderado ou grave, a depender da intensidade dos sintomas, a depressão [...] é resultado de uma complexa interação de fatores sociais, psicológicos e biológicos. (OPAS/OMS BRASIL, 2018)."

 

Para a recuperação do indivíduo em casos crônicos do transtorno é importante que procure acompanhamento de profissionais especializados como médicos psiquiatras, acompanhamento psicoterapêutico, como também, exercícios físicos diários.

 

 

REFERÊNCIAS

CLASSIFICAÇÃO DOS TRANSTORNOS MENTAIS E DE COMPORTAMENTO DA CÍD-10: Descrições Clínicas e Diretrizes Diagnósticas - Coord, Organiz. Mund. da Saúde; trad. Dorgjval Caetano. - Porto Alegre: Artmed, 1993.

CORDÁS, T. A.: MORENO, R. A. (Orgs.). Condutas em psiquiatria: consulta rápida. Porto Alegre: Artmed, 2008. 372p.

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE (OPAS/OMS BRASIL). Depressão. In: Organização Pan-Americana da saúde – OPAS/OMS BRASIL. 2018. [Online]. Disponível em: > Acesso em: 19/09/2018

MANUAL DIAGNÓSTICO E ESTATÍSTICO DE TRANSTORNOS MENTAIS: DSM-5 / [American Psychiatric Association; tradução: Maria Inês Corrêa Nascimento... et al.]; revisão técnica: Aristides Volpato Cordioli... [et al.]. – 5. ed. – Porto Alegre: Artmed, 2014.

MYERS, David G. [1942]. Transtornos psicológicos. In: Psicologia. 7 ed. Rio de Janeiro: LTC, 2006. Cap. 16. p. 450-478.