Erro

Perturbação da identidade: Borderline

Postado por Jose Lucas Rochel das Neves em 11/04/2022 15:29


Perturbação da identidade

Este tema aparece no consultório como se fosse um perfume, em alguns percebemos de maneira bem sutil já em outros casos e possível perceber sem precisar chegar tão perto.

Mas o questionamento comum é “eu sou aquilo que eu faço, então se eu não conseguir fazer isto direito o que eu serei?”.

Para falar de perturbação na identidade é preciso tentar definir o que é esta identidade. O que nos identifica? Um documento, um perfil em uma rede social, a profissão que eu exerço ou o cargo que ocupo? Como é construída uma identidade? É como eu me apresento em uma entrevista de emprego ou como os meus amigos me descrevem quando querem explicar quem eu sou.

Será que sou tudo aquilo que penso de mim quando estou eufórico ou até mesmo quando penso que não sou nada, naqueles dias que a depressão bate à porta? Talvez eu seja apenas o medo do futuro, as saudades ou repulsa do passado e o sofrimento do presente, tudo ao mesmo tempo e de certa forma misturado.

Sou a instabilidade! Vou de um extremo a outro no mesmo dia e faço este caminho quantas vezes forem necessárias para a minha sobrevivência. Há dias em que é preciso despir olhar as cicatrizes, cuidar das feridas e pensar que já sobrevivi a outras tempestades, em outros preciso vestir todas as camadas que me ajudaram a chegar até aqui, escolher as melhores ferramentas ou as armas mais letais para iminente guerra.

Vamos à luta! Mãos à obra! Mas lutar contra quem? Construir ou reformar o que mesmo? O Eu! Luto muitos dias contra mim mesmo, reformo, desconstruo e construo a minha pessoa. Passo muitos dias analisando o projeto que imagino que poderei ser, outros tantos com a mão na massa, pois em qualquer obra há muito sangue e suor.

 

- Este artigo foi feito em parceria com a escritora portuguesa, de prosa e poesia Catarina Rosa Serra.

Feito através de uma mistura de ideias e interpretações de sentimentos, ou seja uma sopa de letrinhas muito saborosa de se provar.

Muito obrigado aos que leram até aqui e entrem em contato para conversamos sobre suas curiosidades.

 

Desfrutem!

Jose Lucas

CRP 07/33196