Erro

Um presente para uma nova etapa de vida

Postado por Bruno Mello em 19/12/2019 12:04:19


Você passou por esse ano todo. Mentalizou tudo que queria, algumas coisas se realizaram, outras ainda estão em completude. Chegou até aqui, seja quando você estiver lendo este texto, e pode até se perguntar: "Mas e sobre o ano que vem?"

Vivemos em uma sociedade que nos cobra muito, de todos os lados e em vários âmbitos. Somos cobrados por excelência, metas, desenvolvimento e expectativas que, nem sempre, são receitas para uma vida mais feliz e plena. Não podemos apenas passar por cima do que acontece à nossa volta mas também, com mesma importância, não podemos nos negligenciar, ignorar o que sentimos, o que nos faz bem, nossos anseios, expectativas e nosso jeito de ser.

Ao invés de pensarmos sobre o que devemos desenvolver e quais metas traçar para o ano que vem, permita-me ajudar a refletir sobre coisas mais importantes que conquistas materiais. Permita-se o presente momento de reflexão e converse consigo:

Você já se priorizou hoje?

Você reserva um momento do seu dia para dedicar a si mesmo? Sabe o que lhe faz feliz, lhe traz prazer, te renova as energias? Se souber, ótimo, senão ainda é tempo de se conhecer.
Você trabalha, cuida da família, luta, faz tudo da melhor forma que pode. Mas, mesmo com tudo isso, você consegue viver tranquilo? Consegue parar, ao menos uma hora por dia e fazer algo somente pelo prazer do momento?
A pergunta oportuna talvez seja "O que te faz bem?". É possível que cada pessoa tenha uma resposta diferente para esta pergunta. Você prefere mais contato com si mesmo, meditando, lendo um livro, assistindo um filme, tendo uma conversa com um amigo? Ou você prefere mais contato com o mundo, saindo com vários amigos em uma festa, conhecendo gente nova, vendo a vida lá fora?
Não há resposta certa. Existem pessoas diferentes com demandas diferentes que merecem atenção e respeito. Então, te pergunto de novo, você já se priorizou hoje? Que tal incluir esse novo costume no seu dia-a-dia?

Vamos fazer a limpa!

Algo vem não dando certo? Seu trabalho está massante, seu relacionamento está desgastado, você vem enfrentando problemas emocionais, algo não está onde deveria estar? Quais soluções para seus conflitos você consegue enxergar hoje? Você já procurou auxílio, conversou com familiares, com amigos, pediu ajuda? Quais decisões você pode tomar hoje para começar a enfrentar o problema? Será que novos ares podem te ajudar a melhorar? Um novo emprego, um novo desafio, fazer terapia, conhecer um novo país, aprender uma nova língua, voltar a estudar, alimentar-se de forma saudável, estar perto de quem ama. Pergunte para si mesmo, o que eu quero melhorar e o que quero manter.

Respeite o seu tempo

Se traçamos metas ou desafios para uma nova época de nossas vidas é porque queremos ser melhores e viver com mais qualidade. Mas isso não quer dizer que existam fórmulas ou receitas de sucesso. Cada pessoa possui a sua velocidade e isso deve ser respeitado. Não exija de si mesmo algo que, mesmo com a melhor das intenções, se torne muito mais um fardo e cobrança, do que uma conquista.

Mude sua forma de pensar

As dificuldades do dia-a-dia podem ser sufocantes, contudo muitas vezes o problema em si não é tão relevante quanto a forma com que o enfrentamos. Quando você tem um problema, qual sua primeira atitude? Colocando em dois caminhos principais de resposta, você pode agir de forma emocional ou racional. Você pode ter a predisposição a lidar com o problema de fato, ou seja, lidando racionalmente e encontrando soluções, ou lidar emocionalmente, se desesperando, pensando no pior, aumentando o problema ainda mais e não refletindo sobre a resolução. Permita-se um tempo de descanso mental. É certo de que teremos conflitos em nossas vidas, constantemente, porém saber lidar com as vicissitudes da vida que nos prepara melhor para ela.

Se conheça mais

Você sabe como pensa, porque age de um jeito, o que passa na sua cabeça? Suas atitudes são pensadas ou são por impulso, você tem controle emocional? Entre em contato com si mesmo, se pergunte, se conheça, faça terapia, respeite o seu jeito de ser, aceite suas qualidades, saiba ouvir elogios, aceite seus pontos a desenvolver. Sobretudo, seja quem você pode ser.

Seja consciente.

Bruno Mello
CRP 08/24273