Erro

Por que fazer terapia?

Postado por Roseli Vieira em 20/02/2019 09:12:37


“Se pudermos reorientar nossos pensamentos e emoções e reorganizar nosso comportamento, então poderemos não só aprender a lidar com o sofrimento mais facilmente, mas sobretudo e em primeiro lugar, evitar que muito dele surja”. Dalai Lama

A terapia ajuda a pessoa a se conhecer melhor, entender que ela se sente da forma que pensa, por isso é importante entender seus pensamentos, suas crenças, identificar seus pensamentos que não são úteis, saber como lidar com os pensamentos que não são adequados nem úteis para nossa vida e que nos limitam, nos impedem de atingir nossos objetivos.

Infelizmente, ainda encontramos muitas pessoas que acham que terapia é coisa de doido, que depressão é frescura, é coisa de quem não tem o que fazer.

Terapia é cuidar da nossa mente, das nossas emoções, dos nossos sentimentos, dos nossos comportamentos, é entender porque algo tão simples para alguns, parece tão complicado para outros.

É descobrir caminhos que não havíamos pensado, é fazer pequenos ajustes que fazem grandes diferenças em nossas vidas. É olhar para nós, para nossas necessidades, nossos medos, nossas angústias e aprender a lidar com elas de maneira mais adequada, é aceitar o que não podemos mudar e fazer ajustes para vivermos melhor, para buscar a nossa felicidade.

Na terapia podemos tomar decisões mais acertadas; melhorar nossos relacionamentos com pais, filhos, companheiros, companheiras, chefes, colegas de trabalho; tratamento para fobias, depressão, ansiedade, angústias, luto, obesidade, etc.

É possível determinar quanto tempo vai durar a terapia? Depende de cada pessoa, de cada objetivo a alcançar. É importante estar disposto(a) a buscar conhecimento, entendimento e que é preciso se responsabilizar pelas escolhas que já fez e vai fazer na vida. Responsabilizar-se, tomar para si o poder da sua vida.

Em terapia não existe mágica, existe trabalho e muitas vezes trabalho árduo, pois você precisa estar disposto(a) a rever acontecimentos que já lhe causaram dor e ao trazer de novo à consciência, você vai reviver essa dor, nem sempre com a mesma intensidade, mas é preciso entender cada ponto de tensão e desatar os nós, pensar de forma mais adequada sobre esse evento e muitos outros, viver de maneira plena com cada pedacinho de você, buscar as soluções mais adequadas para você.

“Nem teus piores inimigos podem fazer tanto dano como teus próprios pensamentos” Buda